top of page

Por que e quando ter ProductOps nas organizações?

No dia 21 de Julho, a comunidade de Prod Ops no Brasil se reuniu para o 5º Encontro do grupo com o tema “Por que e Quando ter Prod Ops nas organizações?”. Ao todo, 20 profissionais da tecnologia discutiram a importância do papel de Prod Ops no dia a dia e qual o melhor momento para iniciar a área dentro da sua organização.

Para iniciar a discussão sobre a criação da área de Prod Ops, dois casos de sucesso foram apresentados. A Mayara Barros, atual Product Operations Manager no QuintoAndar, começou contando toda a sua experiência na implementação da área dentro do QuintoAndar, desde o início com a sua “Euquipe” em 2019 até os dias atuais. Já a Julie Cransac, Product Programme Manager na OLX, apresentou e compartilhou alguns aprendizados no processo de implementação da área dentro da OLX Brasil. Este processo se iniciou já alguns anos atrás, com somente uma pessoa; hoje a área engloba várias expertises e desempenha um papel fundamental dentro da empresa. Interessante ver que em ambos os casos a equipe começou pequena, muitas vezes apenas com uma baixa porcentagem de dedicação para desenvolver o papel de ProdOps.


Mas por que ter Prod Ops nas organizações?


A necessidade da criação de processos e centralização de informação geralmente acontece quando o time cresce de forma exponencial e sem padrão. Em algum momento os problemas de ineficiência na comunicação, uso de ferramentas e alinhamento se tornam tão latentes, que se faz necessário pensar sobre uma padronização para ganhar agilidade.


Para a função de ProdOps é essencial conhecer as pessoas e a organização como um todo, pois diferente de um PM que vai ficar em um determinado pedaço da jornada do cliente e que precisa conhecer stakeholders específicos da empresa, o ProdOps olha para o processo em geral, para entender onde estão as ineficiências na comunicação que normalmente são semelhantes. O papel então é ouvir as pessoas do time e entender a melhor solução para preencher esses gaps de conhecimento.


Qual o melhor momento? Primeiro defina o problema!


Para May, o ponto de virada para a implantação da área aconteceu quando a empresa estava em um ritmo muito acelerado de crescimento e muitas frentes de trabalho surgiram ao mesmo tempo, com isso alguns problemas de comunicação começaram a acontecer. Neste caso, a necessidade era reforçar as estratégias e a cultura de produto para escalar o time de uma forma saudável, com um mesmo objetivo e direção.


Assim como no QuintoAndar, a necessidade de criação da área na OLX veio com o crescimento acelerado dos times. Com mais pessoas no time o número de interações cresce de forma exponencial, e se isso acontece com a falta de processos e ferramentas que apoiem, é nesse momento que o papel de Product Operations se faz essencial.



Priorize e escolha as suas batalhas...

Assim como um time de produto, o ProdOps deve priorizar o backlog e definir quais lutas vai enfrentar primeiro. Esse processo deve começar pequeno, como um MVP, rápido e de fácil compreensão. É importante conhecer a dinâmica de cada time e seu problema principal.


Evangelizar o porquê da existência do trabalho de ProdOps também faz parte do dia a dia, afinal para aprimorar os processos entre os times é preciso mostrar que o objetivo sempre será de trabalhar em harmonia, com ferramentas e cerimônias que fazem sentido. Para te ajudar nisso, recrute embaixadores para te ajudar a manter os processos em andamento e garantir o sucesso da área!


Matriz CSD


Com o fim das apresentações, partimos para o MIRO em uma dinâmica no qual os participantes colocaram as certezas, dúvidas e suposições sobre criar Product Ops na sua organização.


Certezas:

  • A prioridade sempre será pessoas e processos harmônicos.

  • Se existem problemas de comunicação e alinhamento entre os times, então a função de ProdOps se faz essencial.

  • Treinamento e Onboarding fazem parte do trabalho uma vez que todos tem que estar na mesma página.

  • Padronização de rituais e ferramentas, visando uma efetividade maior e mais produtiva.

  • Crescimento acelerado e exponencial dos times, é o momento certo para começar a área.


Suposições e Dúvidas:

  • Como fica essa atuação cross com outras áreas?

  • Qual o papel e escopo para este profissional de ProdOps?

  • Quais são as diferenças entre: PO X PM X ProdOps X Agilista? Acontece alguma sobreposição?

  • Quais são os desafios do dia a dia da área?


A dinâmica foi super produtiva e só nos deu mais insumos para continuar os encontros e a discussão sobre a área, por isso o papo não termina por aqui. Participe do nosso próximo encontro no dia 18/08 (Quarta-feira) , o tema ainda será definido. Inscrições aqui.


Nossa comunidade no Slack: Comunidade ProdOps Brasil.


228 visualizações0 comentário

Comentarii


bottom of page