top of page

Product Discovery - como fazer sentido desta prática na sua empresa

Definir o caminho a ser explorado dentro de um produto pode ser uma tarefa bastante complexa que, caso não priorizada de forma estratégica, irá consumir tempo e recursos da companhia, sem de fato entregar valor aos usuários.


No dia 22/11/2022, no penúltimo encontro de 2022 da comunidade brasileira de Product Operations, recebemos o Bruno Boeger, Product Design Manager na Farfetch, para compartilhar sobre Product Discovery.


Para começar, o que é Product Discovery?

O Product Discovery é uma série de atividades para entender as necessidades do usuário e, com essa informação, buscar entender como estas partes se conectam ao objetivo da companhia, da empresa, do produto.

Fonte: Unsplash


Alguns benefício do Discovery:


Os benefícios ao realizar o Discovery são variados, como a economia de recursos ao tomar uma decisão, já que ela será executada com base em pontos já mapeados, e também a validação da visão do negócio com o desejo dos usuários.


Porém, é importante detalhar os quatro riscos que podem ser reduzidos durante a descoberta de produto (Discovery), que são:

  • Risco de valor

    • O cliente vai comprar ou optar por usar esta solução?

  • Risco de usabilidade

    • O cliente vai entender como usar essa solução?

  • Risco de execução

    • Temos a capacidade de construir essa solução?

  • Risco de viabilidade

    • Esta solução funciona para o nosso negócio?

Pode não ser indicado chamar essa atividade de processo, pois um processo afirma que, ao seguir os passos A, B e C, por exemplo, será possível atingir um resultado controlado para certa demanda. Porém, em um processo de Discovery, não é possível atingir 100% de controle sobre o seu outcome.


O que não é Product Discovery?

Dentro do mundo de produtos, é normal trabalhar com problemas não estruturados, ou seja, com situações que podem ser resolvidas de diversas formas, e fora dele também, pois vivemos em um ambiente Vuca (Volatility, uncertainty, complexity and ambiguity).


Com isso em mente, podemos afirmar que Product Discovery não é uma atividade que irá eliminar todos os riscos e resolver todos os problemas.


Como colocar em prática?

Responder algumas perguntas pode ser um bom ponto de partida para avançar na descoberta de um produto. E, como exemplo, elas podem ser:


Com as respostas para as questões, pode ser importante separar os pontos levantados em: certezas, suposições e dúvidas. Todos estes momentos devem ser feitos em troca, com o time e stakeholders envolvidos.


Uma ferramenta que pode ajudar no processo de Discovery, é o Lean Canvas. Também numa ação em conjunto, os envolvidos conseguirão passar por pontos importantes, como: o problema, possíveis soluções, consumidores e impacto.


Por ainda ser um caminho com incertezas, as hipóteses surgirão a todo momento. Conseguir administrá-las e explicar para os envolvidos, é importante e, para isso, existe um modelo simples e assertivo, chamado Test Card, que irá servir de base na construção de situações comportamentais envolvendo o negócio x usuários x resultados esperados.


E você? Tem algo legal pra nos contar sobre esse assunto? Conte pra gente lá no nosso Slack e para assistir à gravação na íntegra, acesse o link do Meet.

44 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page