top of page

Case de criação da área de Product Ops no Hurb


No dia 20/09 a comunidade Product Operations se reuniu novamente para trocarem experiências sobre o caso de criação da área de ProdOps no Hurb, maior Online Travel Agency sediada no Brasil, que foi apresentado pelo nosso líder da comunidade, Diógenes Laertius.

Antes de entrarmos no case em si, é importante revisitarmos algumas definições importantes sobre Product Ops que já conversamos a respeito nos nossos encontros anteriores.

- É a disciplina que torna construir o produto mais fácil à medida que a empresa cresce e o cenário se torna mais complexo.

- Concentra-se nos resultados, conectando-os a atividades acionáveis e promovendo as melhores práticas

- Não toma decisões, mas habilita e empodera a área de produtos e a organização para que as melhores decisões sejam tomadas.

- Faz ponte entre vários departamentos da organização, reforçando processos, políticas e práticas e divulgando mudanças.

- Suporta a implementação de experimentos e ferramentas.

Já entrando no caso da Hurb, a área de ProdOps foi motivada devido a um cenário de necessidade de aumentar receitas e crescer a base de clientes, otimizar custos operacionais e aumentar o engajamento da equipe de produtos para melhorar a atração e retenção de talentos.

O modelo Hurb foi inspirado em empresas como Uber, Farfetech e QuintoAndar, porém adaptado à sua realidade.

O primeiro passo foi definir quais seriam os pilares que pautariam como a área de produtos da Hurb agiria perante os desafios encontrados e que garantisse que todos estavam seguindo na mesma direção. São eles:


1- Empoderar os times através do foco na performance, eficiência e consistência

2- Alinhamento vertical reforçando e promovendo os objetivos do negócio e inovação bottom-up

3- Colaboração Cross-times orquestrando iniciativas entre os times de produtos e stakeholders.

Isso posto, foi possível dar início a uma série de iniciativas como descritas abaixo:

Evolução dos rituais de produtos


Havia muita reclamação sobre a qualidade dos encontros/reuniões que eram feitos com regularidade na Hurb, então a área de ProdOps entrou suportando o processo para que através de insights fornecidos pelo próprio time conseguissem chegar à uma nova rotina de rituais que trouxessem mais resultado.


Foram feitas algumas rodadas de conversas com auxílios de metodologias como Crazy 8’s, Delta e Brainwriting onde foram obtidos vários insights do próprio time sobre a qualidade das reuniões e possíveis ações.


O resultado foi a diminuição de 7 para 5 encontros de produtos e muito mais produtividade ao longo dos encontros.

Onboarding


Foi criado um onboarding específico para a área de produtos com o objetivo de inserir a pessoa o mais rápido possível na construção da estratégia do negócio.


Durante as conversas identificaram que não basta passar o conteúdo para as pessoas. Deve-se ter todo um cuidado com o processo de aprendizagem para que as pessoas de fato aprendam o que é necessário e consigam os acessos e permissões devidas ao ecossistema de soluções.

Hub de Suporte


Esse foi um assunto polêmico, pois em geral quando a área de atendimento tinha alguma dúvida quanto ao processo ou produto acionava a área de produtos, porém de forma desordenada, sendo comum casos onde o e-mail/mensagem passava em várias mãos até chegar na pessoa de produto correta.


Como proposta de melhoria foi criada uma central com o objetivo de fazer a triagem para direcionamento de quem era a pessoa de produto ideal para resolver aquele problema. Além disso, todo o processo foi mapeado com o intuito de criar indicadores para acompanhamento do desempenho de cada parte dele.

OKR Week

As reuniões para definições de OKR eram feitas de uma só vez e com a presença de diversas áreas, logo cada responsável tinha que passar pelas suas OKRs de maneira rápida e não havia muito tempo para troca entre os interessados.


Para enriquecer esse momento tão estratégico, permitindo a participação de todos os interessados, foi criada a OKR Week, semana em que cada dia uma tribo apresenta suas OKRs para os interessados em reuniões e abre-se espaço para trocas sobre o tema.


A área de ProdOps ministra todo o evento, cria templates para apresentação e facilita as discussões durante as reuniões.


Esses foram alguns exemplos de atuações da área de ProdOps que trouxeram grandes resultados e facilitaram muito a rotina da área de produtos e os resultados da Hurb. Importante dizer que os desafios não param por aí e ainda há diversos outros desafios que estão sendo trabalhados como, por exemplo, construir e evoluir métricas dos produtos e a cultura de experimentação.


Gostou do conteúdo? Fique ligado nos próximos encontros da nossa comunidade!



340 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page