top of page

Como começar um time de Product Ops?


É quarta-feira à noite, 18 de maio, um dia no qual a friaca foi o destaque pra maioria das pessoas visto a frente fria potente que atingiu parte considerável do nosso Brasil. Contudo, um grupo de pessoas engajadas estão reunidas para construir relacionamentos, trocar ideias e explorar novos horizontes em mais um encontro promovido pela comunidade Product Operations Brasil. Vem conferir um resumo da nossa conversa!


Para iniciar a discussão sobre o tema do encontro que foi "Como começar um time de Product Ops?", nosso facilitador, Gabriel Cardoso, conduziu a dinâmica através de 4 tópicos:

  • O que é Product Ops?

  • Como saber que eu preciso de Product Ops?

  • Quais são os primeiros passos?

  • Encontrando caminhos.


Mas afinal minha gente, o que é Product Ops?


Apesar do senso comum do mercado brasileiro dizer que não existe ainda definição para Product Ops, visto as inúmeras variáveis nas estruturas das empresas, um benchmarking rápido (Figura 1) demonstra que este conceito é muito abrangente e se adapta conforme o cenário em questão. Nesta pesquisa, destacou-se 4 tipologias de atuação de Product Ops nas empresas, são elas:

  • Foco no cliente - ofertar boa experiência para o cliente através dos produtos desenvolvidos;

  • Foco em cultura - fortalecer a cultura de produto através dos 4 pilares, Comunidade; Agenda de Produtos; Expertise e Inovação;

  • Foco na eficiência - consolidar ciclos de feedback, operacionalização do time de produto, disseminação do conhecimento sobre os produtos na organização;

  • Foco no resultado - coletar ideias e definir o escopo das necessidades de negócios no início do processo de desenvolvimento do produto.



Figura 1 - Benchmarkings (Fonte: Gabriel Cardoso)


Após as percepções individuais, também conseguimos agrupar (Figura 2) este papel de Product Ops segundo as nuances de: Dados; Pessoas; Comunicação; Estratégia & Governança; Processos & Ferramentas.



Figura 2 - Dinâmica em conjunto “O que é Product Ops?”


Uhm... e como eu sei que preciso de uma pessoa ou time de Product Ops?


A criação do papel de Product Ops deve ponderar sobre fatores básicos (vide figura 3) no modus operandi existente:

  • Tamanho da empresa - volume de dados analisados e proporção da força de trabalho;

  • Estilos de gestão - dificuldade de comunicação, desconexão entre áreas, divergência de boas práticas;

  • Liderança - abertura de times e pessoas receber ajuda de “aliados” na identificação de dores e proposição de soluções;

  • Planejamento integrado - visão holística para reunir partes e viabilizar a engrenagem do conjunto.

Para os profissionais mais experientes e ou oriundos da Gestão de Processos, o papel de Product Ops funciona como uma consultoria para o time de Produto, na qual possui o objetivo de ajudar na automatização e padronização de processos; integração de conteúdo; facilitação de comunicação.

Vale ressaltar que o cliente de Product Ops é o time de Produto, ou seja,fazer produto para pessoas produteiras”.

Um tópico que também merece destaque nesta etapa de implementação consiste na dúvida existencial sobre o melhor momento para implantar a área de Product Ops. Adivinha? Não existe melhor ou pior timing, assim como não existe premissa de sobre proporção ideal atingida antes de iniciar esta área. A depender do caso, pode ser interessante acompanhar o crescimento da empresa e, estruturar a área de Prod Ops em conjunto com os objetivos de tal empresa.




Figura 3 - Dinâmica de grupo, “Como saber que eu preciso de Product Ops?”


Agora na prática, me conta por onde começar?


Vestindo a camisa dos “Desatadores de nó”, analogia que surgiu durante o encontro e foi bem recebida pelo time, e analisando nossas respostas sobre o diálogo da pergunta anterior “Como saber que eu preciso de Product Ops?”, que avançamos em 3 frentes: Estratégia; Comunicação e Boas práticas (Figura 4).




Figura 4 - Dinâmica em grupo, “Quais são os primeiros passos?”


Estratégia

  • Como Product Ops é um membro aliado, mas não exclusivo e permanente de uma squad/ tribo/ aliança, é importante a construção de relação de confiança com os líderes dos times (impactando de cima para baixo), para a receptividade do grupo quanto às mudanças propostas;

  • É importante disseminar que Product Ops é um parceiro que ajuda na estruturação de produtos para a equipe, atuando assim como facilitadores. Após esta assimilação, o time de Produto se torna um “promotor” de Product Operations.


Comunicação

  • Elaboração de ferramenta com a linha do tempo/roadmap de lançamentos de produtos para dar visibilidade a toda empresa sobre as iniciativas em andamento, desta forma squads e áreas parceiras têm à disposição um ponto de consulta unificado;

  • Criação e organização de rituais para o time de Produtos os quais envolvam a interação com outras áreas e que tenham a oportunidade de trazer ideias e feedbacks para a operação.

Boas práticas

  • Sugestão do livro “Os 5 desafios das equipes”, do autor Patrick Lencioni, no qual relata a importância sobre criar ambientes que sejam propensos a diálogos construtivos, reconhecer os erros sem julgamentos, construir espaço seguro para debate focando nos desafios e propostas de melhoria;

  • Desenho de processos, templates, diretrizes, documentação, todavia mantendo a atenção para evitar o engessamento de fluxos e/ou tirar a liberdade dos líderes na criação e condução da equipe.


Product Ops: uma trilha de aprendizado


Compreendendo o contexto da empresa e identificando os caminhos possíveis, algumas lições básicas foram extraídas e precisam ser compartilhadas, são elas:

  • A pessoa de Product Ops deve estudar sobre o tema gestão de produtos para exercitar esse conhecimento com as demais pessoas e times, afinal os clientes de Product Ops são os produteiros(as);

  • A área de Product Ops está muito próxima do Head de Produto, fornecendo visão sistêmica e operacional, atuando como provocadora e ofertando um guia para de mudanças;

  • Entender a maturidade profissional de cada time e ainda, maturidade de produto destes. Desta forma, embasados com dados traçar estratégias palpáveis para evolução de pessoas e produtos.


Próximos encontros


A Product Operations Brasil se reúne mensalmente, sendo o próximo encontro em 23 de Junho! Você pode fazer sua inscrição clicando neste link. Se quiser, também pode se juntar à nós pela comunidade no slack.


Este artigo foi escrito por Gisele Marques, pessoa Produteira.


Para acessar a gravação na íntegra segue o link do Zoom, senha (kK1k$jeN)."

290 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page